sábado, 28 de fevereiro de 2015

Grandes Lendas: Mantorras


Foi um dos avançados com muito talento que passou pelo nosso futebol português, mas foi também muito massacrado por muitas lesões no joelho esquerdo. Funcionava como "talismã" ao minuto 90 e apresentava uma boa capacidade de finalização. Caros leitores apresento-vos Mantorras. 


INÍCIO NO PROGRESSO 
Pedro Manuel Torres, mais conhecido por "Mantorras", nasceu no dia 18 de Março de 1982 na cidade angolana de Luanda - a capital de Angola. O jovem Pedro acabou por iniciar a sua carreira no mundo do futebol no modesto clube angolano Progresso Associação do Sambizanga. Depois de dar nas vistas neste modesto clube angolano, Mantorras deu o salto para a Europa, para vir jogar em Portugal. 












CHEGADA AO ALVERCA 
Na temporada 1999/2000, Mantorras rumou até Portugal, para assinar pelo modesto Futebol Clube Alverca, onde privou com nomes como, por exemplo, os guarda-redes Sergei Ovchinnikov e Paulo Santos, Capucho, Vasili Kulkov, Alhandra, Nuno Assis ou Hugo Santos. Na sua passagem pelo Complexo Desportivo FC Alverca, Mantorras jogou, na totalidade, 34 jogos e apontou cerca de 10 golos. Mantorras permaneceu em Alverca durante duas épocas seguidas (1999/2000, 2000/2001). 












ÍDOLO NO BENFICA 
Depois de dar nas vistas pelo Alverca, Mantorras, na época 2001/2002, assinou pelo Sport Lisboa e Benfica, onde jogou ao lado de nomes como, por exemplo, Robert Enke, Moreira, Argel, Anders Andersson, Zlatko Zahovic, Kandaurov, Edgaras Jankauskas, Hugo Porfírio, Simão Sabrosa, Carlitos ou Tomislav Sokota. Como jogador do Benfica, Mantorras realizou, na totalidade, 129 partidas e apontou cerca de 31 golos, tendo ganho 1 Campeonato português e 1 Taça de Portugal. Mantorras permaneceu dez temporadas consecutivas (de 2001/2002 até 2009/2010) e acabou por se tornar num ídolo no Benfica e no Estádio da Luz. 










POUCO REGULAR PELOS PALANCAS NEGRAS
Pela Seleção de Angola, Mantorras registou 29 internacionalizações e apontou, apenas, 4 golos. Ao serviço dos Palancas Negras, Mantorras marcou presença no Campeonato do Mundo de 2006 (Alemanha), na Taça das Nações Africanas de 2006 e 2010 e na fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2010 (África do Sul). 

Atualmente, com 32 anos, Mantorras é representante do Benfica em Angola, o país onde nasceu para o futebol.












Qual é a vossa opinião acerca deste grande jogador? Mantorras merecia ter tido mais sorte na sua carreira de futebolista profissional? Comentem. 

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Jesus pica Dragão; E mais dez; Danilo: objetivo é renovar. 

  

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Os mais rodados na Primeira Liga

HELTON


Idade: 36 anos - Posição: Guarda-Redes - Estreia 1ª Liga: U.LEIRIA 0-0 Académica


LUISÃO


Idade: 34 anos - Posição: Defesa-Central - Estreia 1ª Liga: BENFICA 3-3 Belenenses


BRIGUEL


Idade: 35 anos - Posição: Lateral-Direito/Esquerdo - Estreia 1ª Liga: Alverca 0-0 MARÍTIMO


EVALDO


Idade: 32 anos - Posição: Lateral-Esquerdo - Estreia 1ª Liga: Rio Ave 1-0 FC PORTO


FARY


Idade: 40 anos - Posição: Avançado - Estreia 1ª Liga: Sp.Braga 2-1 BEIRA-MAR


RUI PATRÍCIO

Idade: 27 anos - Posição: Guarda-Redes - Estreia 1ª Liga: Marítimo 0-1 SPORTING


RÚBEN AMORIM

Idade: 30 anos - Posição: Médio - Estreia 1ª Liga: BELENENSES 2-0 Alverca


BRUNO AMARO

Idade: 32 anos - Posição: Médio - Estreia 1ª Liga: Gil Vicente 0-1 PENAFIEL


QUARESMA

Idade: 31 anos - Posição: Extremo - Estreia 1ª Liga: SPORTING 1-0 FC Porto


MANUEL JOSÉ

Idade: 34 anos - Posição: Extremo - Estreia 1ª Liga: ACADÉMICA 2-1 Belenenses


MAXI PEREIRA

Idade: 30 anos - Posição: Lateral-Direito - Estreia 1ª Liga: Nacional 0-3 BENFICA

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Jefferson afastado; Jefferson "pegou-se" com Bruno; André André será dragão. 

  

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Super Totobola - Nova ronda

Galáxia Futebolística

Segue-se, agora, a quarta ronda do concurso Super Totobola, do blogue Galáxia Futebolística. Boa sorte a todos os concorrentes. As regras são as mesmas de sempre. 

- 3 pontos, se adivinharem o resultado todo;

- 2 pontos, se apenas acertarem na vitória, empate ou derrota;

- 1 ponto por cada marcador dos golos (colocar os marcadores é facultativo);

- 7 pontos, se adivinharem o resultado do jogo bónus (colocar os marcadores é facultativo). 



Freamunde - Sporting B
Trofense - Leixões
V.Guimarães B - Santa Clara
FC Porto B - Beira-Mar
Portimonense - Farense
Tondela - Marítimo B
Académico de Viseu - Oliveirense
Atlético - Sp.Braga B
Desp.Chaves - Feirense
Olhanense - Oriental
Desp.Aves - Sp.Covilhã
Benfica B - U.Madeira

Jogo Bónus: FC Porto - Sporting 


O prazo de validade das apostas termina, no domingo, dia 1 de Março, às 11:15.


QUE COMEÇEM AS APOSTAS!!!! 

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Slimani com Dragão à vista; Reforços para a decisão; Tello vergou o Bessa.

  

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Super Totobola - Resultados atualizados

Galáxia Futebolística

Aqui estão os resultados a jornada 22 e do jogo bónus desta ronda do Super Totobola. Em baixo estará também a classificação geral dos concorrentes.

P.Ferreira 2-2 V.Guimarães
Sp.Braga 3-1 Nacional
V.Setúbal 0-1 Penafiel
Moreirense 1-3 Benfica
(João Pedro; Luisão, Eliseu e Jonas)
Arouca 1-0 Rio Ave
Marítimo 1-2 Belenenses
Estoril 1-2 Académica 
Sporting 2-0 Gil Vicente
(Tanaka e Nani)
Boavista 0-2 FC Porto
(Jackson Martínez e Brahimi)

Jogo Bónus: Barcelona 0-1 Málaga
(Juanmi)



CLASSIFICAÇÃO GERAL

1º - JoãoSCP = 42 pts
2º - Tobias = 40 pts
3º - Alex Magrão = 39 pts
4º - Rogério Duarte e Leão da Serra = 36 pts
5º - Patryck Leal Gandra e Frederico Costa de Sousa = 30 pts
6º - Lord Voldemort = 25 pts
7º - Diogo Salvado = 21 pts
8º - Mr.Money = 19 pts
9º - Júlio César = 16 pts
10º - Mattos = 13 pts
11º - Boris Karloff = 12 pts  
12º - Adepto Blaugrana = 4 pts
13º - CJ = 3 pts

Colocar o autocarro em campo? Não, o autocarro fica fora do estádio


Muitas são as equipas pequenas do nosso campeonato português que utilizam a famosa "tática do autocarro" para tentar conquistar pontos frente aos crónicos "Três Grandes". Mas também as grandes equipas europeias já utilizaram, ou ainda utilizam, esta tática que é 100% "anti-futebol". É frustrante para a equipa que tenta marcar golos ver as suas tentativas "esbarradas num autocarro estacionado na grande área adversária".  


"TÁTICA DO AUTOCARRO": O QUE É? 
Maguregi inventou a "tática do autocarro"
Esta famosa "tática do autocarro" que é muito adotada por equipas pequenas, no campeonato da Primeira Liga, como, por exemplo, Arouca, Belenenses, Moreirense, Penafiel ou Académica consiste em colocar vários defesas-centrais e médios-defensivos para evitar que as grandes equipas mais fortes tentem marcar golos, mas normalmente também é usada quando essas mesmas equipas se apanham em vantagem no marcador frente a um FC Porto ou um Sporting Clube de Portugal. A "tática do autocarro" foi o "inventor" desta tática "anti-futebol" foi o espanhol José María Maguregi. Este antigo treinador basco foi jogador de clubes como o Club Desportivo de Getxo, Sevilla, Espanyol de Barcelona e Recreativo de Huelva. Por outro lado, como treinador, José María Maguregi treinou clubes como, por exemplo, Racing Santander, Celta de Vigo, Almería, Atlético de Madrid e o Murcia. O inventor desta tática morreu aos 79 anos de idade e sua frágil saúde já o obrigava a andar de muletas. 
Concluindo, na minha opinião, esta "tática do autocarro" é das maiores tática "anti-futebol" que existe no futebol mundial, no geral, e no futebol português, no particular. Equipas como Arouca, Moreirense ou Académica devem jogar olhos nos olhos com Benfica, Sporting CP e FC Porto, em vez de "estacionar do autocarro em frente à baliza". O "autocarro" deve ficar do lá de fora do estádio onde decorre o jogo. Os adeptos vão ao estádio para ver um bom jogo de futebol e não para apanhar uma valente seca. Portanto, as equipas mais pequenas têm que mudar a mentalidade no campeonato da Primeira Liga. 


OS GRANDES TAMBÉM A USAM 
Benfica jogou muito à defesa em Alvalade
Para além das Académicas e dos Aroucas do nosso futebol português da Primeira Liga, também os "três grandes" utilizam esta tática "anti-futebol" quando lhes dá jeito. Um exemplo, bem recente, da utilização desta tática é o Benfica, quando a equipa "encarnada" foi jogar ao Estádio de Alvalade frente ao arquirrival - o Sporting Clube de Portugal. Neste jogo, o Benfica conseguiu meter o "autocarro" à frente da baliza, defendida por Artur Moraes, e lá se safou com um empate. Eu, como sportinguista, mas, principalmente, como adepto de futebol, foi o primeiro dérbi em que vi uma equipa a jogar completamente à defesa e a jogar... para o empate. É frustrante para quem vê o jogo em casa ou no estádio (eu fui a Alvalade pela primeira vez nesse dérbi esta época) assistir a um dérbi onde só uma equipa ataca e a outra passa o jogo quase todo a defender com o "autocarro" à frente da baliza. Mas este caso do Benfica não é o único exemplo. Por essa Europa fora há casos de grandes equipas europeias que também já utilizaram esta "maldita tática do autocarro". Por exemplo, o Chelsea, na temporada 2011/2012, na altura treinado por Roberto Di Matteo, defrontou o Bayern de Munique, na final da UEFA Champions League no Allianz Arena, venceu a partida com o "autocarro estacionado" em frente da baliza defendida pelo experiente guarda-redes checo Petr Cech. Concluindo, para além das equipas mais pequenas, também os colossos europeus e os "três grandes" do futebol português também utilizam esta "tática do autocarro".


Qual é a vossa opinião acerca desta tática? É melhor tática para as equipas mais pequenas? Faz sentido os colossos europeus também utilizarem esta tática? Comentem.

Futebol Internacional




Wolfsburgo derrotou Hertha de Berlim com dois golos de Bas Dost


Depois da vitória sobre o Sporting Clube de Portugal, por 2-0, a contar para a Liga Europa, o Wolfsburgo, do português Vieirinha, voltou a vencer na Bundesliga. Desta vez, a vítima dos "lobos" foi o Hertha de Berlim, que perdeu por 2-1. Logo aos dez minutos, o Wolfsburgo, por intermédio de Bas Dost, fez o 1-0 no marcador. Depois o Hertha de Berlim fez o 1-1 aos trinta minutos através de Julian Schieber e depois o avançado holandês bisou e repôs a vantagem para Wolfsburgo colocando o resultado final em 2-1. Com esta vitória sobre o Hertha de Berlim, o Wolfsburgo reforçou o segundo lugar no campeonato da Bundesliga alemã.   



Adepto do Elche perdeu a vida antes do duelo com os merengues


Nas bancadas do Estádio Martínez Valero, um adepto do Elche, de seu nome José Pomares Sánchez, faleceu antes do jogo entre o Elche e o Real Madrid, dos portugueses Fábio Coentrão, Pepe e Cristiano Ronaldo. Este adepto do Elche, de 63 anos, era hipertenso e diabético acabou por perder os sentidos a cerca de 40 minutos do arranque do dito jogo. Os serviços hospitalares partiram imediatamente em seu auxílio, mas as tentativas de salvação não tiveram qualquer êxito, tendo acabado por falecer a caminho do hospital. 



Évian-Lorient cancelado por causa da neve 


O encontro da 26ª Jornada da Ligue 1 entre o Évian e o Lorient, dos portugueses Pedrinho e Raphaël Guerreiro, foi cancelado e, por enquanto, sem data a definir para a realização do jogo, devido à intensa queda de neve que verificaram em Annecy, que cobriu por completo o relvado do Parc des Sports. Não houve jogo, mas fica na retina a belíssima imagem do campo todo branco. 



 Jogador do Figueirense tentou roubar a pistola a um agente policial


O médio brasileiro França, que atualmente joga no modesto Figueirense, foi detido esta madrugada pela Polícia Militar em Santa Catarina, após envolvimento em desacatos num bar. No início, o jogador do Figueirense arranjou alguns problemas com clientes do mesmo bar e essa situação obrigou à chamada da Polícia Militar. A Polícia Militar encontrou o jogador completamente embriagado, chegando ao ponto do mesmo jogador ter tentado roubar uma pistola de calibre 12 a um dos agentes policiais. A Polícia Militar disparou uma bala de borracha que deitou por terra o futebolista brasileiro. 



Qual é a vossa opinião acerca destas notícias? Que mais notícias destacam desta semana? Comentem. 

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: De chorar por mais; Lágrimas de ouro; Prova de vida. 

  

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Leão devora um galo pouco atrevido

Sporting-Gil Vicente (LUSA/ Mário Cruz)

SPORTING CP 2-0 GIL VICENTE 
(Tanaka 52' e Nani 69')

Hoje, no Estádio de Alvalade, o Sporting Clube de Portugal recebeu e venceu o Gil Vicente. por 2-0, e regressou, desta forma, às vitórias no campeonato português. O destaque desta partida vai, claramente, para a excelente exibição de William Carvalho, Nani e de Adriano Facchini e para o enorme golo do ex-jogador do Manchester United. 


GOLOS

52' - SPORTING CP: Golo de Junya Tanaka - No seguimento da marcação de um pontapé de canto, Nani desvia a bola, ao primeiro poste, e o ponta-de-lança nipónico só teve de encostar para a baliza defendida por Adriano Facchini. Estava feito o 1-0.   

69' - SPORTING CP: Golo de Nani - A 20/25 metros da baliza do Gil Vicente, Nani executa um remate de longa distância, a 97 km/h, e fuzila as redes de Adriano Facchini, colocando o resultado final em 2-0.  


DESTAQUES

Nani - Fez uma exibição excelente e marcou um golo para ver e rever as vezes que se quiser. 

William Carvalho - O "Príncipe William" voltou a demonstrar toda a sua classe e talento no relvado. 

Tanaka - O "Tsubasa de Alvalade" voltou a ser decisivo.

Rui Patrício - À exceção do remate de Diogo Viana, o guarda-redes português teve pouco trabalho em campo. 

Adriano Facchini - Conseguiu evitar que o Gil Vicente saísse goleado de Alvalade.  


FALAM OS TREINADORES...

Marco Silva (Sporting CP): «Depois do golo de  Tanaka a tranquilidade voltou à equipa»  

José Mota (Gil Vicente): «A qualidade do Sporting foi mais forte»


FALAM OS JOGADORES...

Nani (Sporting CP): «Procuro dar o meu melhor pelo Sporting»

Diogo Viana (Gil Vicente): «Estamos ansiosos por sair do último lugar»



Homem do jogo da parte do Sporting CP: Nani
Homem do jogo da parte do Gil Vicente: Adriano Facchini 

Clubes e países com mais Bolas de Ouro



_______________________________________________________________________



Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Luisão lança águia; Alarme tocou, águia acordou; Pinto de Costa: "Agora gostam do nosso futebol".

  

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Grandes Lendas: Vinnie Jones


Foi um dos bons jogadores que passou pelo futebol inglês em clubes como o Chelsea ou como o Sheffield United. Conhecido pela enorme raça e espírito de liderança que empregava em campo, este craque deixou a sua marca no exigente futebol inglês. Caros leitores apresento-vos Vinnie Jones. 


DO WEALDSTONE FC PARA O WIMBLEDON 
Vinnie Jones nasceu no dia 5 de Janeiro de 1965 na cidade inglesa de Watford. O pequeno Vinnie começou a sua carreira no mundo do futebol no modesto Wealdstone FC. Neste clube muito modesto, Vinnie Jones não disputou qualquer partida. Depois da passagem pelo Wealdstone FC, Vinnie Jones assinou contrato pelo Wimbledon, onde privou com jogadores como, por exemplo, Eric Young, Andy Thorn, Robert Turner, Alan Cork ou Terry Gibson. Pelo Wimbledon, Vinnie Jones venceu 1 FA Cup e ao serviço do Wealdstone FC, Vinnie Jones conquistou 1 English Conference e 1 FA Trophy. O médio galês ficou três épocas seguidas no Wimbledon (1986/1987, 1987/1988, 1988/1989).  










CHEGADA AO LEEDS 
Após brilhar com a camisola do Wimbledon, Vinnie Jones rumou até ao Elland Road e assinou contrato com o histórico Leeds United, onde privou com nomes como, por exemplo, Gary Speed, Mickey Thomas, John Hendrie, Lee Chapman ou Noel Blake. Como jogador do histórico Leeds United, Vinnie Jones realizou, na totalidade, 50 jogos e apontou, apenas, 5 golos, tendo ganho 1 Football League Championship. Vinnie Jones permaneceu em Elland Road durante duas épocas seguidas (1989/1990, 1990/1991).












MUDANÇA PARA SHEFFIELD
Depois da passagem pelo Leeds United, Vinnie Jones, a meio da época 1990/1991, mudou-se para Sheffield, onde jogou no arquirrival do Sheffield Wednesday - o Sheffield United. Na sua passagem pelo Bramall Lane, Vinnie Jones foi colega de equipa de futebolistas como, por exemplo, Ian Bryson, Glyn Hodges, Tony Agana, Mark Morris ou Mike Lake. Como jogador do Sheffield United, Vinnie Jones jogou, na totalidade, 37 jogos e marcou, apenas, 2 golos, não tendo ganho qualquer título desportivo. Vinnie Jones ficou duas épocas e meia em Sheffield (1990/1991, 1991/1992).












VIAGEM PARA LONDRES 
A meio da temporada 1991/1992, Vinnie Jones mudou-se de Sheffield para Londres, onde assinou contrato pelo Chelsea, onde jogou ao lado de nomes como, por exemplo, Joe Allon, Eddie Newton, Andy Townsend, Ken Monkou, Tom Boyd, Darren Bernard ou Frank Sinclair. Como jogador dos Blues, Vinnie Jones jogou, no total, 52 jogos e marcou 7 golos, mas não ganhou nenhum título de relevo. Ficou duas épocas e meia em Stamford Bridge (1991/1992, 1992/1993).













REGRESSO AO WIMBLEDON 
A meio da temporada 1992/1993, Vinnie Jones abandonou o Chelsea e Stamford Bridge e regressou ao "seu" Wimbledon, onde privou com nomes como, por exemplo, o nigeriano Efan Ekoku, o jamaicano Robbie Earle, o dinamarquês Oyvind Leonhardsen, o guarda-redes holandês Hans Segers ou o irlandês Scott Fitzgerald. Ao serviço do Wimbledon, Vinnie Jones realizou, na totalidade, 281 jogos e apontou cerca de 23 golos. No seu regresso ao Wimbledon, Vinnie Jones ficou seis épocas e meia (de 1992/1993 até 1997/1998).












ACABAR NO QPR  
A meio da época 1997/1998, Vinnie Jones assinou contrato pelo Queens Park Rangers, onde privou com jogadores como, por exemplo, Paul Murray, John Spencer, Lee Harper, Karl Ready, Mark Kennedy ou Lee Charles. Como jogador do Queens Park Rangers, Vinnie Jones jogou, na totalidade, 9 jogos e apontou, apenas, 1 golo. Na época 1998/1999, Vinnie Jones colocou um ponto final na sua carreira de futebolista profissional.













POUCO REGULAR PELA SELEÇÃO GALESA 
Ao serviço da Seleção do País de Gales, Vinnie Jones registou 11 internacionalizações e não apontou qualquer golo a nível internacional, não tendo marcado presença em nenhuma grande competição a nível de seleções. Vinnie Jones marcou, apenas, presença na fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 1998 (França) e para o Campeonato da Europa de 1996 (Inglaterra).

Atualmente, com 50 anos de idade, Vinnie Jones, depois de terminar a carreira de futebolista, decidiu enveredar num carreira no mundo do cinema. O filme mais conhecido, com a presença de Vinnie Jones, é O Comboio dos Mortos, onde contracenou com o ator Bradley Cooper.









Qual é a vossa opinião acerca deste antigo jogador galês? Viram algum jogo de Vinnie Jones? Já viram algum filme onde entre o Vinnie Jones? Comentem.