segunda-feira, 15 de agosto de 2016

O que é feito de... Diego Forlán

 

Foi um dos melhores pontas-de-lança do futebol uruguaio, no particular, e do futebol sul-americano, no geral. Passou por grandes equipas do Velho Continente e conseguiu sempre afirmar-se em quase todas elas, ganhando também muitos títulos importantes para a carreira de um jogador de elite. Dono de uma excelente capacidade de finalização, ao nível dos melhores, este jogador é fortíssimo no jogo aéreo, graças aos seus 1,79 metros de altura, possui uma capacidade técnica muito acima da média, tem uma excelente capacidade de liderança dentro das quatro linhas e um grande carisma dentro e fora dos relvados. O seu nome é Diego Forlán. 


INÍCIO PROMISSOR NO FUTEBOL ARGENTINO
Nascido no dia 19 de Maio de 1979, na cidade de Montevideo, capital do Uruguai, Diego Forlán Corazzo começou a sua carreira no mundo do futebol, no ano de 1999, quando integrou o plantel dos argentinos do Independiente, onde privou com nomes como, por exemplo, Gabriel Milito, Esteban Cambiasso ou Victor López. Como jogador dos argentinos do Independiente, Diego Forlán jogou, na totalidade, 91 jogos e apontou cerca de 40 golos, mas não venceu qualquer título desportivo pelo conjunto argentino. Diego Forlán permaneceu no Independiente durante quatro épocas seguidas (1999, 2000, 2001, 2002). 

 

CHEGADA A OLD TRAFFORD
A meio da temporada de 2001/2002, Diego Forlán abandonou o Independiente e mudou-se para Inglaterra, na Europa, para assinar contrato com o todo-poderoso Manchester United, partilhando, assim, o balneário com vários monstros sagrados como, por exemplo, Fabien Barthez, Jaap Stam, Gary Neville, Mikaël Silvestre, Juan Verón, Paul Scholes, Ryan Giggs, Ruud van Nistelrooy ou Dwight Yorke, tendo sido treinado por Sir Alex Ferguson. Como jogador dos Red Devils, Diego Forlán jogou, na totalidade, 97 jogos e apontou cerca de 17 golos, tendo contribuído para a conquista de 1 Premier League, 1 Community Shield e 1 FA Cup. Diego Forlán permaneceu em Old Trafford durante quatro épocas e meia (de 2001/2002 até 2004/2005). 

    

UMA AVENTURA POR ESPANHA 
A meio da temporada de 2004/2005, Diego Forlán deixou Inglaterra e rumou até Espanha para assinar pelo Villarreal, onde partilhou o balneário com grandes futebolistas como, por exemplo, Pepe Reina, Sebastián Viera, Rodolfo Arruabarrena, Armando Sá, Marcos Senna, Juan Román Riquelme, Sebastián Battaglia, José Mari ou Sonny Anderson, tendo sido treinado, na primeira época, pelo experiente treinador chileno Manuel Pellegrini. Enquanto jogador dos espanhóis do Villarreal, Diego Forlán disputou, na totalidade, 132 jogos e marcou cerca de 59 jogos, tendo ganho 2 Taças Intertoto. O goleador sul-americano permaneceu no El Madrigal durante três épocas e meia (de 2004/2005 até 2006/2007). A meio da temporada de 2006/2007, Diego Forlán deixou o Villarreal e rumou até ao Atlético de Madrid, onde privou com grandes nomes do futebol mundial como, por exemplo, Leo Franco, Giourkas Seitaridis, Costinha, Maxi Rodríguez, Martin Petrov, Maniche, Peter Luccin, Fernando Torres, Sergio Kun Agüero ou Zé Castro, tendo sido treinado por Javier Aguirre. Ao serviço do Atlético de Madrid, Diego Forlán jogou, na totalidade, 203 jogos e marcou cerca de 99 golos, tendo ajudado na conquista de 1 Liga Europa e 1 Supertaça Europeia. Diego Forlán permaneceu no Vicente Calderón durante seis épocas e meia (de 2006/2007 até 2011/2012).

          

DE ITÁLIA PARA O BRASIL
A meio da época de 2011/2012, Diego Forlán deixou o Atlético de Madrid e rumou até Itália para assinar contrato com o todo-poderoso Inter de Milão, onde privou com nomes como, por exemplo, Júlio César, Walter Samuel, Jonathan, Nagatomo, Thiago Motta, Fredy Guarín, Diego Milito, Samuel Eto'o, Luc Castaignos ou Mauro Zárate, tendo sido treinado por três treinadores: Gian Piero Gasperini, Andrea Stramaccioni e Claudio Ranieri. Ao serviço do conjunto nerazzurro, Diego Forlán jogou, na totalidade, 20 jogos e apontou, apenas, 2 golos, mas não venceu qualquer título pelo Inter de Milão. Na mesma época, o goleador uruguaio regressou à América do Sul, mas para ir jogar para o Brasil, onde representou o Internacional de Porto Alegre, privando com jogadores de futebol como, por exemplo, Lucas Lima (hoje no Arouca), Eduardo Sasha, Fransérgio, Andrés D'Alessandro, Jesús Dátolo, Dagoberto ou Maurides, tendo sido treinado, na primeira época, por Dorival Júnior e por Fernandão. Ao serviço dos brasileiros do Internacional de Porto Alegre, Diego Forlán disputou, na totalidade, 55 jogos e marcou cerca de 22 golos, mas não venceu qualquer título desportivo em solo brasileiro. Forlán permaneceu no Brasil durante dois anos (2012, 2013).

      

CHEGADA AO JAPÃO E AO URUGUAI 
Após dois anos no futebol brasileiro, Diego Forlán mudou-se, em 2014, para o Japão, onde assinou pelo Cerezo Osaka, privando com vários futebolistas como, por exemplo, Mitch Nichols, Gojko Kacar ou Cacau, tendo sido treinado por dois treinadores europeus: o sérvio Ranko Popovic e o alemão Marco Pezzaiuoli. Como jogadores dos japoneses do Cerezo Osaka, Diego Forlán jogou, na totalidade, 51 jogos e apontou cerca de 19 golos, mas não ganhou nada em solo nipónico. Diego Forlán permaneceu no Japão durante dois anos (2014, 2015). Na época seguinte, em 2015/2016, Diego Forlán deixou o Japão e rumou até ao seu país natal - o Uruguai - onde assinou pelo Peñarol, privando com nomes como, por exemplo, Gianni Rodríguez, Luís Aguiar, Tomás Costa ou Marcelo Zalayeta, tendo sido treinado por dois treinadores: Pablo Bengoechea e Jorge da Silva. Ao serviço do Peñarol, Diego Forlán jogou, na totalidade, 34 jogos e apontou, apenas, 8 golos, tendo ganho 1 Liga Uruguaia. 

  

HOMEM-GOLO E O MAIS INTERNACIONAL DA SELEÇÃO DO URUGUAI
 Como jogador da Seleção do Uruguai, Diego Forlán registou 112 internacionalizações e marcou cerca de 36 golos, tendo se tornado no goleador e no mais internacional da seleção celeste, ganhando 1 Copa América. Pela Seleção do Uruguai marcou presença em grandes provas de seleções como, por exemplo, o Campeonato do Mundo de 2002 (Coreia do Sul/Japão), de 2010 (África do Sul) e de 2014 (Brasil) e a Copa América de 2004, 2007 e de 2011. Pelas camadas jovens da seleção uruguaia, Forlán participou no Campeonato do Mundo de Sub-20 em 1999. 

 

Atualmente, com 37 anos de idade, Diego Forlán está ligado contratualmente aos indianos do Mumbai City.

A FICHA

Nome: Diego Forlán Corazzo
Idade: 37 anos
Data de Nascimento: 19/05/1979
Local de Nascimento: Montevideo, Uruguai
Altura: 1,79m 
Peso: 75 kg
Posição: Ponta-de-Lança/Extremo-Direito 
Clube: Mumbai City
Internacionalizações: 112 jogos - 36 golos 


TRAJETÓRIA 
1999/2002: Independiente
2001/2005: Manchester United
2004/2007: Villarreal
2006/2012: Atlético de Madrid
2011/2012: Inter de Milão
2012/2013: Internacional de Porto Alegre
2014/2015: Cerezo Osaka
2015/2016: Peñarol 


PALMARÉS
1 Premier League
1 Community Shield 
1 FA Cup
2 Taças Intertoto
1 Liga Europa
1 Supertaça Europeia
1 Copa América
1 Liga Uruguaia


EM AÇÃO

Sem comentários:

Enviar um comentário

Podem comentar á vontade e cada um pode expressar a sua opinião, mas aviso já que não aceito comentários insultuosos contribuindo para o bom funcionamento da caixa de comentários e para debater opiniões sobre as notícias colocadas no blog.
Por fim, peço também aos "anónimos" que assinem o seu nome/nick no final dos seus comentários de modo a facilitar a comunicação entre os leitores e o autor do blog.