quarta-feira, 26 de abril de 2017

Olheiro: Celta de Vigo

Hoje na rúbrica Olheiro vai ser analisada ao pormenor e por setores a equipa dos espanhóis do Celta de Vigo, que vai defrontar o todo-poderoso Manchester United, de José Mourinho, nas meias-finais da Liga Europa. Esta equipa do Celta de Vigo é uma equipa raçuda, visto que em cada jogo que participam dão tudo o que podem e o que não podem para ter resultados positivos em campo, seja na Liga Europa ou na La Liga. Treinado pelo técnico argentino Eduardo Berizzo, este mesmo Celta de Vigo apresenta um conjunto de grandes jogadores, como John Guidetti, Daniel Wass, Gustavo Cabral ou Andreu Fontàs, que sabem jogar como equipa e que irão colocar, certamente, grandes problemas ao Manchester United, do treinador português José Mourinho. Mas vamos por partes. 
Na baliza, o Celta de Vigo irá apresente, quase de certeza, o guarda-redes Sergio Álvarez e o quarteto defensivo, que terá como missão travar o fortíssimo ataque dos Red Devils, poderá ser constituído por Hugo Mallo no lado direito e por Jonny Castro no lado esquerdo, enquanto que a dupla de defesas-centrais da equipa galega poderá ser formada por Gustavo Cabral e por Andreu Fontàs (que já passou pela equipa principal do todo-poderoso Barcelona). Logo a seguir, na zona do meio-campo, o Celta de Vigo poderá jogar com dois médios nessa zona nevrálgica do terreno de jogo, podendo adotar um sistema de 4x2x3x1, onde o espanhol Pablo Hernández desempenhar a função de médio-defensivo, enquanto que o sérvio Nemanja Radoja poderá jogar na posição "8". Nos dois flancos, Iago Aspas poderá jogar a titular no lado direito e Pione Sisto poderá atuar no lado esquerdo, dando velocidade aos dois flancos e mais profundidade, bem como apoio aos dois homens que jogarão na frente de ataque da equipa galega. 
Por fim, no ataque, o Celta de Vigo poderá jogar com uma dupla de atacante composta pelo lateral-direito dinamarquês Daniel Wass, que poderá jogar adaptado a segundo avançado, no apoio ao ponta-de-lança sueco John Guidetti e ambos terão como missão ultrapassar a barreira defensiva do todo-poderoso Manchester United. Ainda assim, caso seja necessário, o treinador Eduardo Berizzo poderá lançar outras "peças" no ataque como, por exemplo, Giuseppe Rossi, Álvaro Lemos, Claudio Beauvue ou Theo Bongonda, caso a equipa esteja a perder ou empatada. No que toca ao duelo nos bancos, Eduardo Berizzo é um treinador que não tem grande experiência neste tipo de jogos, mas ainda assim foi o suficiente para chegar, pelo menos para já, às meias-finais da Liga Europa, onde terá pela frente o treinador mais experiente de toda a competição: José Mourinho. Com certeza, que o técnico argentino do Celta de Vigo estará consciente de que este é jogo difícil, mas se já chegaram até às meias-finais o treinador terá que passar uma mensagem positiva e otimista a todo o grupo de trabalho. E Eduardo Berizzo é treinador para conseguir surpreender o português José Mourinho, nas duas mãos e colocar os adeptos do Celta de Vigo a sonhar com uma presença na final da Liga Europa. Esperemos que seja um grande jogo entre duas grandes equipas e com jogadores fantásticos dos dois lados.                  


Qual é a vossa opinião acerca deste onze do Celta de Vigo aqui lançado? Será que poderá ser este onze que Eduardo Berizzo lançará na primeira mão diante do Manchester United? Comentem.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Podem comentar á vontade e cada um pode expressar a sua opinião, mas aviso já que não aceito comentários insultuosos contribuindo para o bom funcionamento da caixa de comentários e para debater opiniões sobre as notícias colocadas no blog.
Por fim, peço também aos "anónimos" que assinem o seu nome/nick no final dos seus comentários de modo a facilitar a comunicação entre os leitores e o autor do blog.