quarta-feira, 3 de maio de 2017

Juventus está com um pé na final de Cardiff

LC: Mónaco-Juventus, 0-2 (crónica)
AS MÓNACO 0-2 JUVENTUS
(Gonzalo Higuaín 29'e 59')

Hoje, no Stade Louis II, a Juventus derrotou, por 0-2, os franceses do AS Mónaco, de Leonardo Jardim, no primeira mão do segundo jogo das meias-finais da UEFA Champions League, ficando agora com um pé na final da maior competição europeia de clubes. O destaque desta partida vai, claramente, para a excelente exibição da equipa da Juventus, para os dois golos de Gonzalo Higuaín e para a ineficácia gritante da equipa do AS Mónaco. 


GOLOS

29' - JUVENTUS: Golo de Gonzalo Higuaín - Na sequência de um excelente contra-ataque da Juventus, Dani Alves recebe a bola na grande área do AS Mónaco e executa um passe de calcanhar para a entrada da mesma, onde apareceu Gonzalo Higuaín a desferir um remate poderoso para o fundo das redes de Danijel Subasic. Estava feito o 0-1 para a Vecchia Signora

59' - JUVENTUS: Golo de Gonzalo Higuaín - Depois de uma perda de bola de Bakayoko, o argentino Paulo Dybala passa o esférico a Dani Alves e o brasileiro executou um excelente cruzamento para a grande área do AS Mónaco, onde apareceu, mais uma vez, Pipita Higuaín a meter a bola na baliza monegasca, colocando o resultado final em 0-2 a favor da Juventus.    


DESTAQUES

Kylian Mbappé - Foi o jogador do AS Mónaco que mais tentou desequilibrar no ataque da equipa monegasca. 

João Moutinho - Entrou na segunda parte e conseguiu mexer com o jogo da equipa orientada por Leonardo Jardim. 

Bernardo Silva - Neste jogo, o jovem craque português não esteve tão bem quanto noutros jogos do AS Mónaco. 

Falcao - Ao contrário do que é habitual, o goleador colombiano revelou uma ineficácia gritante, também fruto da excelente solidez defensiva da equipa da Juventus. 

Danijel Subasic - Sofreu dois golos de Higuaín, mas evitou que o resultado fosse mais alargado, esta noite, no Stade Louis II. 

Dani Alves - O lateral-direito brasileiro executou duas excelentes assistências que culminaram em dois grandes golos de Higuaín. 

Gonzalo Higuaín - O goleador argentino marcou pela primeira vez nas meias-finais da Champions e logo com dois golos de belo efeito. 

Gianluigi Buffon - Com muita classe, como sempre, o experiente guarda-redes italiano soube travar todos os remates do AS Mónaco. 

Paulo Dybala - O astro argentino não marcou, desta vez, mas foi determinante na vitória da Vecchia Signora no relvado do Stade Louis II. 



Homem do jogo da parte do AS Mónaco: Kylian Mbappé 
Homem do jogo da parte da Juventus: Dani Alves 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Podem comentar á vontade e cada um pode expressar a sua opinião, mas aviso já que não aceito comentários insultuosos contribuindo para o bom funcionamento da caixa de comentários e para debater opiniões sobre as notícias colocadas no blog.
Por fim, peço também aos "anónimos" que assinem o seu nome/nick no final dos seus comentários de modo a facilitar a comunicação entre os leitores e o autor do blog.