Hachim Mastour: a nova pérola de San Siro

Nesta longa "travessia no deserto" que o AC Milan tem vivido ao longo das últimas temporadas futebolísticas, o clube milanês, finalmente, abriu os olhos para a formação ao começar a apostar mais a sério em jovens jogadores com potencial, como são os casos mais flagrantes de Gianluigi Donnarumma e de Manuel Locatelli. Mas, além desses dois nomes já sobejamente conhecidos, apareceu à bem pouco tempo um jovem prodígio, no AC Milan, de seu nome Hachim Mastour. Este jogador nasceu no dia 15 de Junho de 1998 e fez toda a formação na cantera do AC Milan, à exceção da época 2011/2012, onde atuou nas camadas jovens da Reggiana. Depois de ter integrado em duas épocas (2013/2014 e 2014/2015) a formação principal do AC Milan, o clube rossoneri emprestou-o ao Málaga na época 2015/2016, onde realizou, apenas, um jogo e na época que agora terminou o AC Milan voltou a cedê-lo, a título de empréstimo, mas aos holandeses do PEC Zwolle, onde disputou, apenas, cinco jogos no futebol do país das tulipas. Ainda assim, apesar das duas épocas menos conseguidas quando esteve emprestado, Hachim Mastour continua a ser uma das pérolas do clube de San Siro, visto que o jovem craque marroquino apresenta como principais armas a sua velocidade e mobilidade no ataque e o seu controlo de bola, bem como a sua capacidade de finalização que ainda precisa de ser um pouco melhorada.

Penso que seria bom para o próprio Mastour, se pudesse jogar num campeonato, como o português. para que pudesse ser melhor trabalhado, e nessa perspetiva teria sido interessante que o FC Porto tivesse pedido o empréstimo do jovem Hachim Mastour no negócio de André Silva. Com, apenas, 19 anos de idade, Hachim Mastour ainda tem muito que evoluir e se tudo correr bem poderá ser uma das figuras de um "renascido" AC Milan, que procura voltar a intrometer-se na luta pela Serie A italiana.

É muito importante que o jovem Mastour continue com os pés bem assentes no chão e que vá continuando a trabalhar como tem vindo a fazer, pois quem sabe se não virá jogar num campeonato onde possa evidenciar-se. Um jogador muitíssimo talentoso, como é Hachim Mastour, não pode nem deve "desaparecer" do radar dos grandes clubes e o AC Milan tem nos seus quadros um dos jogadores mais talentosos das camadas jovens do clube rossoneri. Hachim Mastour é, sem dúvida, a nova pérola que emergiu no futebol italiano e agora faltará mostrar o seu talento com a camisola do AC Milan ou, então, se for emprestado a um clube melhor do que Málaga ou Zwolle.             

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vai dar que falar... João Virgínia

OFICIAL: Simeon Slavchev vai continuar emprestado ao Lechia Gdańsk

Scouting: Jorge Fellipe