terça-feira, 6 de junho de 2017

Os 10 jovens craques para seguir no Campeonato da Europa de Sub-21

Resultado de imagem para campeonato europeu sub 21 2017

Vai decorrer neste mês de Junho de 2017 mais um Campeonato da Europa de Sub-21 e, tal como aconteceu à pouco tempo no Campeonato do Mundo de Sub-20, há muitos jovens jogadores, cheios de potencial, que irão querer mostrar serviço, pelas suas seleções, para que possam conseguir impressionar os clubes neste mercado de transferências que começa, oficialmente, a partir do dia de 1 de Julho deste ano. E nesta mesma crónica irão aparecer dois jovens craques portugueses que darão muito que falar, nos próximos tempos, cá em Portugal.  


1 - Mikel Merino (Borussia Dortmund): O jovem prodígio espanhol, de 20 anos de idade, que alinha nos alemães do Borussia Dortmund, é um jogador apresenta uma excelente capacidade de passe, seja curto ou longo, possui um bom remate de longa distância, sabe receber a bola como poucos e, além de tudo isto, é possuidor de uma capacidade de drible fantástica. Mikel Merino será, com toda a certeza, um dos nomes que despertará toda a atenção no que toca à Seleção de Espanha. 

2 - Milan Gajic (Bordéus): O futebolista sérvio, que representa os franceses do Bordéus, possui uma excelente capacidade de passe, seja curto ou longo, e a sua capacidade para executar cruzamentos é razoável, destacando-se, enquanto lateral-direito, pela marcação que faz aos seus adversários não lhes dando o mínimo espaço para atacar pelo seu flanco. Este belíssimo jogador poderá ser, num curto espaço de tempo, um excelente jogador na equipa principal do clube gaulês e na seleção principal da Sérvia. 

3 - Kévin Rodrigues (Real Sociedad): Começou a dar nas vistas ainda com a camisola do Toulouse e, depois, com a do Dijon, mas é na Real Sociedad que já se destacou ainda mais, tendo já sido chamado por Rui Jorge para este Europeu de Sub-21. Dono de uma fantástica capacidade de drible, Kévin Rodrigues é muito forte no desarme ao adversário e na marcação, tem um excelente sentido posicional e é um jogador bastante veloz. Será, certamente, um dos nomes que darão que falar do lado português. 

4 - João Carvalho (SL Benfica/Vitória de Setúbal): Emprestado pelo Sport Lisboa e Benfica ao Vitória de Setúbal, no decorrer desta época que agora terminou, João Carvalho é o outro jogador português para seguir com atenção neste Europeu de Sub-21, porque o jovem médio luso é um exímio marcador de livres diretos e de pontapés de canto, sabe como se deve movimentar no terreno de jogo e possui uma fantástica capacidade passe, seja de curta ou longa distância. João Carvalho poderá ser o 10 que tem faltado à Seleção Nacional de Sub-21. 

5 - Mattia Caldara (Atalanta/Juventus): Defendeu as cores da Atalanta, nesta temporada, mas vai jogar na Juventus a partir da próxima época. Mattia Caldara é mais um jovem craque italiano que dará que falar neste Europeu, porque é um futebolista muito forte no jogo aéreo, graças aos seus 1,87 metros de altura, é dono de um excelente sentido posicional, é um jogador muito forte fisicamente e é muito bom no desarme e na marcação aos seus adversários. Mattia Caldara é o futuro titular da Vecchia Signora e da Seleção de Itália.  

6 - Federico Chiesa (Fiorentina): Filho de Enrico Chiesa, antiga glória do futebol italiano, Federico Chiesa é mais um nome para decorar na seleção italiana de Sub-21, porque o jovem prodígio transalpino possui uma capacidade incrível para executar cruzamentos, apresenta uma excelente capacidade de finalização, tem uma capacidade de drible fantástica e possui uma capacidade técnica acima da média. O filho de Enrico Chiesa tem também a vantagem de poder jogar como extremo-direito ou como extremo-esquerdo, dependendo das opções do selecionador italiano. 

7 - Marco Benassi (Torino): O atual jogador do Torino é o outro craque transalpino que terá em cima de si todos os olhos colocados, porque é um futebolista que apresenta uma excelente capacidade de passe, é um jogador bastante veloz, é dono de um fantástico sentido posicional e é um jogador muito forte na marcação aos seus adversários. O Torino começa a ser um clube demasiado pequeno para o talento de Benassi e neste Europeu esse mesmo talento poderá ser confirmado. Para seguir com muita atenção. 

8 - Jesús Vallejo (Eintracht Frankfurt/Real Madrid): O novo Fernando Hierro. como eu lhe costumo chamar por ter uma maneira de jogar muito parecida com a do mítico capitão do Real Madrid, é mais um jogador da Seleção de Sub-21 da Espanha que dará que falar neste Europeu, porque é um jogador muito forte fisicamente, é um futebolista agressivo, é dono de um excelente sentido posicional e é muito forte no que toca à marcação e aos desarmes dos adversários. Se tudo lhe correr bem, Vallejo será uma opção muito válida para a defesa do Real Madrid a médio/longo prazo.

9 - Marcos Llorente (Alavés/Real Madrid): Emprestado pelo Real Madrid ao Alavés, Marcos Llorente é o outro jogador espanhol que poderá dar nas vistas neste Campeonato da Europa de Sub-21, porque é um jogador que possui uma fantástica capacidade de passe, seja curto ou longo, é dono de um excelente sentido posicional e apresenta uma elevada capacidade de concentração dentro das quatro linhas. À semelhança de Jesús Vallejo, também Marcos Llorente irá fazer parte do futuro do Real Madrid e da Seleção de Espanha a médio/longo prazo. 

10 - Mahmoud Dahoud (Borussia M'Gladbach/Borussia Dortmund): Brilhou esta época com a camisola do Borussia M'Gladbach e, na próxima temporada, vai brilhar no outro Borussia, mas em Dortmund. Mahmoud Dahoud é um jogador fantástico que possui uma excelente capacidade de passe, é dono de um excelente sentido posicional, apresenta uma excelente capacidade de drible e é um jogador bastante veloz. Dahoud espera aproveitar este Europeu para brilhar e deixar os adeptos do Borussia Dortmund já com "água na boca".         

Sem comentários:

Enviar um comentário

Podem comentar á vontade e cada um pode expressar a sua opinião, mas aviso já que não aceito comentários insultuosos contribuindo para o bom funcionamento da caixa de comentários e para debater opiniões sobre as notícias colocadas no blog.
Por fim, peço também aos "anónimos" que assinem o seu nome/nick no final dos seus comentários de modo a facilitar a comunicação entre os leitores e o autor do blog.