FC Nantes: os canários ambicionam a Europa com Ranieri

Depois do excelente trabalho realizado na época passada, por Sérgio Conceição, no Football Club de Nantes, o clube gaulês, presidido por Waldemar Kita, trouxe o italiano Claudio Ranieri para aproveitar o excelente trabalha realizado pelo agora técnico do FC Porto e, neste momento, encontra-se em posição de acesso à UEFA Champions League. 

Com jogadores de grande qualidade, como Diego Carlos (ex-Estoril-Praia), Lucas Lima (ex-Arouca), Chidozie (ex-FC Porto) ou Rene Krhin, o Nantes procura regressar ao convívio com os grandes clubes europeus e, até ao momento, Les Canaris ocupam um honroso e extraordinário terceiro lugar na Ligue 1, a cinco pontos do líder Paris Saint-Germain e a dois pontos do AS Mónaco, de Leonardo Jardim, que se encontra no segundo lugar. 

Mas este brilhante terceiro lugar do Nantes não se deve só à grande qualidade dos seus executantes, visto que Claudio Ranieri soube construir um onze titular com imensa qualidade e coeso na defesa e mortífero no ataque. Com jogadores de tostões, Claudio Ranieri está a fazer um excelente trabalho no clube gaulês, à semelhança do que já havia feito no Leicester City, quando foi campeão inglês contra todas as expetativas. 

Na baliza, o FC Nantes conta com a presença do guarda-redes romeno Ciprian Tatarusanu e à frente do guarda-redes, internacional pela Seleção da Roménia, o quarteto defensivo é constituído pelo costa-marfinense Koffi Djidji no lado esquerdo e pelo francês Léo Dubois no lado direito, enquanto que a dupla de defesas-centrais dos canários é composta pelo jovem nigeriano Chidozie e pelo brasileiro Diego Carlos. 
Resultado de imagem para lucas lima nantes
Logo a seguir, na zona do meio-campo, o FC Nantes joga com um duplo pivô nessa zona nevrálgica do terreno de jogo, onde o esloveno Rene Krhin desempenha a função de médio-defensivo, jogando ao lado do francês Abdoulaye Touré. Estes dois jogadores acabam por dar mais consistência defensiva ao conjunto gaulês, orientado por Claudio Ranieri.  

Nos dois flancos, o FC Nantes joga com o brasileiro Lucas Lima no flanco esquerdo e com o francês Adrien Thomasson no lado direito, de forma a poderem dar mais profundidade, criatividade e velocidade aos respetivos flancos, no jogo do Nantes, e para darem mais apoio aos dois homens que jogam na frente de ataque. Por fim, na frente ofensiva, o FC Nantes joga com Valentin Rongier e Prejuce Nakoulma, onde o futebolista francês joga no apoio ao ponta-de-lança do Burkina Faso. Ainda assim, Ranieri possui na sua equipa um jogador com uma qualidade tremenda, como é o caso do belga Yassine El Ghanassy, que pode mexer com o jogo do Nantes em qualquer momento e desbloqueando uma situação complicado em qualquer partida. Com a excelente equipa que o FC Nantes possui esta temporada, os adeptos amarelos já sonham com o regresso às competições europeias. Cabe agora a Claudio Ranieri guiar o conjunto dos canários até a esse sonho.      

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vai dar que falar... João Virgínia

Scouting: Jorge Fellipe

Convocatória de Rui Vitória para o Bonfim sem qualquer novidade