Desde a "bicicleta do Tiuí" nunca mais houve uma final entre dois grandes

18 de Maio de 2008. O Estádio do Jamor recebia mais uma final da Taça de Portugal, desta vez, entre o Sporting Clube de Portugal e o Futebol Clube do Porto. Nesse jogo, os comandados de Paulo Bento, então treinador do Sporting, venceram os dragões, de Jesualdo Ferreira, por 2-0. Até aqui tudo normal, senão houvesse um herói improvável: Rodrigo Bonifácio da Rocha. Mas os adeptos facilmente o conhecem como Rodrigo Tiuí
De então para cá nunca mais houve uma final que pusesse frente a frente dois dos chamados Três Grandes do futebol português, sendo que desde essa época de 2007/2008, as três equipas do costume chegaram sempre à final do Jamor, mas acabaram por defrontar sempre equipas pequenas do nosso campeonato e até da antiga II Divisão portuguesa. Mas vamos por partes. 
Resultado de imagem para sporting - braga taçaNo que diz respeito ao Sporting Clube de Portugal, o conjunto verde e branco, depois da "final do golo do Tiuí", voltou a duas finais, visto que na época de 2011/2012 o Sporting defrontou a Académica de Coimbra, perdendo por 1-0, e jogou contra o Sporting de Braga, na época de 2014/2015, que terminou com a vitória dos leões nas grandes penalidades (essa final foi a primeira que foi resolvida nos penaltis).      Por outro lado, o Futebol Clube do Porto, desde que perdeu aquela final com os leões, disputou quatro finais, sendo que os dragões defrontaram o Paços de Ferreira (na época 2008/2009, Lisandro López marcou o golo solitário), o Desportivo de Chaves (em 2009/2010, os flavienses jogavam na II Divisão e Falcao e Guarín marcaram os dois golos portistas), o Vitória de Guimarães (na era Villas-Boas, em 2010/2011, goleou, por 2-6, o conjunto vimaranense num jogo onde James Rodríguez fez um hat-trick e Hulk, Varela e Rolando marcaram um golo cada) e na época de 2015/2016, o conjunto azul e branco defrontou o SC Braga, de Paulo Fonseca, onde empatou em 120 minutos, mas perdeu nas grandes penalidades para os arsenalistas - esta última final acentuou os quatro anos sem ganhar títulos do FC Porto. 
     
Resultado de imagem para chaves 1-2 porto taçaPor fim, o Sport Lisboa e Benfica marcou presença em três finais da Taça de Portugal, sendo que venceu duas e perdeu uma final. Na época de 2012/2013, o Benfica, de Jorge Jesus, perdeu a Taça de Portugal para o Vitória de Guimarães de... Rui Vitória; na temporada de 2013/2014, o conjunto encarnado, ainda sobre a orientação de Jorge Jesus, regressou ao Jamor para jogar contra o Rio Ave, vencendo a turma de Nuno Espírito Santo por 1-0, com o único golo benfiquista a ser Nicolás Gaitán. Na época passa, em 2016/2017, o Benfica, já sobre a orientação do mister Rui Vitória, voltou ao Estádio Nacional, novamente, com o Vitória de Guimarães, mas, desta vez, venceu por 2-1, com golos marcados por Toto Salvio e Raúl Jiménez. Esta época, o Benfica tinha pretensões de voltar à final, mas ficou-se por Vila do Conde.
Resultado de imagem para benfica 2-1 guimaraes taçaEm suma, desde que o Sporting ganhou aquela final ao FC Porto, com os tais golos de Rodrigo Tiuí, nunca mais tivemos no relvado do Jamor uma final disputada por dois dos Três Grandes do nosso futebol português. Ainda assim, mesmo sabendo que tudo depende dos sorteios, é curioso nunca mais termos visto esse tipo de jogo numa final da Taça de Portugal. E dia 20 de Maio de 2018, Sporting Clube de Portugal e Desportivo das Aves jogarão mais uma final, em que um dos Três Eucaliptos jogará com mais uma equipa não grande do futebol português. Agora deixo a seguinte pergunta aos leitores: quando teremos nova final da Taça disputada entre dois dos Três Grandes?   

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vai dar que falar... João Virgínia

Vai dar que falar... Léo Jabá

Scouting: Jorge Fellipe