O que é feito de... Hedwiges Maduro

Resultado de imagem para maduro valencia 

Fez parte de uma das melhores gerações do futebol holandês, onde constavam nomes, como, por exemplo, Royston Drenthe, Ryan Babel, Erik Pieters, Tim Krul ou Vurnon Anita, e toda a qualidade individual que mostrou no Campeonato da Europa de Sub-21, em 2007, nunca chegou a ser comprovada ao mais alto nível, mesmo sabendo que passou por grandes clubes, como Ajax, Valência ou Sevilla. Médio-defensivo possante, devido à sua impressionante envergadura física, este futebolista sabe como destruir o jogo ofensivo dos adversários, é muito forte no jogo aéreo, graças aos seus 1,88 metros de altura, mas não me parece, nem nunca me pareceu, ser um jogador rápido. O seu nome é Hedwiges Maduro.

INÍCIO PROMETEDOR EM AMESTERDÃO
Nascido no dia 13 de Fevereiro de 1985, na cidade holandesa de Almere, Hedwiges Eduard Martinus Maduro começou a sua carreira de futebolista profissional nas camadas jovens do histórico Ajax de Amesterdão, na época de 2003/2004, onde privou com outras jovens promessas, como, por exemplo, Thomas Vermaelen, Urby Emanuelson ou Ryan Babel. Na época seguinte, em 2004/2005, Hedwiges Maduro integrou a equipa principal do emblema de Amesterdão, onde jogou com grandes jogadores, como, por exemplo, Bogdan Lobont, Filipe Luís, John Heitinga, Rafael van der Vaart ou Zlatan Ibrahimovic, tendo sido treinado, na primeira época, três treinadores: Ronald Koeman, Ruud Krol e Gerard van der Lem. Ao serviço da equipa principal do Ajax, Hedwiges Maduro participou em 108 jogos oficiais e marcou cerca de 11 golos, tendo conquistado 2 Taças da Holanda e 3 Supertaças da Holanda. Hedwiges Maduro permaneceu no Ajax durante cinco temporadas e meia (de 2003/2004 até 2007/2008). 

Resultado de imagem para hedwiges maduro ajax       

PASSAGEM PELO FUTEBOL ESPANHOL
A meio da época de 2007/2008, Hedwiges Maduro deixou o seu Ajax de Amesterdão e rumou até ao Valência, iniciando, assim, a sua primeira experiência fora do futebol holandês. Na sua passagem pelo Mestalla, Maduro partilhou o balneário com futebolistas de renome, como, por exemplo, Santiago Cañizares, Marco Caneira, Miguel, Manuel Fernandes, David Albelda, Miguel Ángel Angulo, David Villa ou Nikola Zigic, tendo sido orientado, na primeira época no emblema che, por mais três treinadores: Ronaldo Koeman (novamente), Voro e Quique Flores. Como jogador do Valência, Hedwiges Maduro jogou em 113 jogos oficiais e marcou 3 golos, ajudando a equipa che a vencer 1 Taça do Rei. No Valência, o internacional holandês permaneceu durante cinco temporadas (de 2007/2008 até 2011/2012). 
Na época seguinte, em 2012/2013, Hedwiges Maduro abandonou o Valência e rumou até à região da Andaluzia, onde assinou pelo Sevilla e onde privou também com grandes nomes, como, por exemplo, Andrés Palop, Beto, Diego López, Federico Fazio, Cicinho, Gary Medel, Álvaro Negredo ou Jose Antonio Reyes, tendo sido treinado, nessa época, por Míchel e Unai Emery. Ao serviço do conjunto andaluz, Maduro jogou 31 jogos e não marcou nenhum golo, nem venceu qualquer troféu pelo Sevilla. Hedwiges Maduro ficou na Andaluzia, apenas, duas épocas e meia (2012/2013, 2013/2014). 

Resultado de imagem para hedwiges maduro sevilla 
  
DA GRÉCIA PARA A HOLANDA
A meio da época de 2013/2014, Hedwiges Maduro saiu de Espanha e viajou para a Grécia, mais concretamente para Salónica, e assinou pelo PAOK, onde foi colega de equipa de vários jogadores conhecidos, como, por exemplo, Miguel Vítor, Lino, Miroslav Stoch, Sotiris Ninis ou Tomás Necid, tendo sido treinado, nessa época, por dois técnicos: Georgios Georgiadis e Huub Stevens. Ao serviço dos gregos do PAOK, Hedwiges Maduro jogou 33 jogos oficiais e marcou, apena, 4 golos, mas não venceu nenhum título em solo helénico. Hedwiges Maduro permaneceu em Salónica durante três épocas e meia (de 2013/2014 até 2015/2016).
A meio da temporada de 2015/2016, Hedwiges Maduro regressou à Holanda e assinou pelo FC Groningen, onde privou com vários jogadores, como, por exemplo, Desevio Payne, Abel Tamata ou Albert Rusnák. Como jogador do FC Groningen, Maduro participou em 43 jogos oficiais e marcou, apenas, 3 golos, mas não ganhou qualquer título no seu país. No FC Groningen, Maduro permaneceu durante duas épocas seguidas (2015/2016, 2016/2017).

Resultado de imagem para hedwiges maduro paok         

POUCO INFLUENTE NA LARANJA MECÂNICA
Ao serviço da Seleção da Holanda, Hedwiges Maduro regista, até ao momento, 18 internacionalizações e nenhum golo pela sua seleção. Pela seleção principal holandesa, Maduro participou no Campeonato do Mundo de 2006, que se realizou na Alemanha. Já ao serviço das camadas jovens da Laranja Mecânica, Maduro participou em grandes competições, como, por exemplo, o Campeonato da Europa de Sub-21 de 2007 (que viria ser ganho por essa seleção holandesa), o Campeonato do Mundo de Sub-20 de 2005, o Campeonato da Europa de Sub-17 de 2002 e os Jogos Olímpicos de 2008 (Pequim, China). 

 Resultado de imagem para hedwiges maduro holanda  

Atualmente, com 33 anos de idade, Hedwiges Maduro está ligado contratualmente aos cipriotas do Omonia, onde já disputou, até ao momento, 23 jogos oficiais e onde já marcou 1 golo.  


A FICHA

Nome: Hedwiges Eduard Martinus Maduro
Idade: 33 anos
Data de Nascimento: 13/02/1985
Local de Nascimento: Almere, Holanda
Altura: 1,88m
Peso: 84 kg
Posição: Médio-Defensivo/Defesa-Central
Clube: Omonia 
Internacionalizações: 18 jogos - 0 golos


TRAJETÓRIA

2003/2008: Ajax
2008/2012: Valência
2012/2014: Sevilla
2014/2016: PAOK
2016/2017: FC Groningen
2017/2018: Omonia 


PALMARÉS

1 Taça da Holanda
3 Supertaças da Holanda
1 Taça do Rei
1 Campeonato da Europa de Sub-21 


EM AÇÃO
 
      



 







Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vai dar que falar... João Virgínia

Vai dar que falar... Léo Jabá

Scouting: Jorge Fellipe