O Desaparecido: Atila Turan

Resultado de imagem para atila turan sporting
O Desaparecido é uma rúbrica semanal do blogue desportivo Galáxia Futebolística, onde será falado um futebolista que tenho sido apontado como grande jovem promessa, mas que nunca tenho conseguido mostrar todo o seu potencial ao mais alto nível.

Época 2011/2012. O Sporting Clube de Portugal acabava de contratar vários jogadores de grande qualidade (Ricky van Wolfswinkel, Emiliano Insúa, Oguchi Onyewu ou Diego Capel, por exemplo), mas havia um futebolista a quem lhe apontavam um futuro promissor: Atila Turan. Conhecido por ser muito forte no aspeto ofensivo e fiável no que tocava à defesa, Turan foi uma das grandes jovens promessas do futebol gaulês, nascidas em 1992, e que deu nas vistas no Campeonato da Europa de Sub-17, em 2009, juntamente com outros jovens prodígios franceses, na altura, como, por exemplo, Mehdi Abeid, Arnaut Souquet, Yeni N'Gbakoto ou Ishak Belfodil, por exemplo.
  
Resultado de imagem para atila turan sporting 

Com passagens iniciais por dois clubes modestos de França, o ASUC Migennes e o Stade Auxerrois, Atila Turan integrou as camadas jovens do Grenoble e a Equipa B, em 2008/2009, e a equipa principal em duas épocas seguidas (2009/2010, 2010/2011), mas só na segunda época é que o lateral-esquerdo francês foi opção regular: 23 jogos oficiais e 3 golos. Números nada maus para uma jovem promessa naquela altura. Acabou por chegar ao Sporting Clube de Portugal, na época de 2011/2012, pela mão de Carlos Freitas, mas não fez nenhum jogo pelo emblema leonino, tendo sido emprestado, na mesma temporada, ao Beira-Mar. Em Aveiro, Turan jogou, apenas, 8 jogos e não marcou qualquer golo. Na temporada seguinte, em 2012/2013, Atila Turan acabou por integrar a Equipa B do emblema de Alvalade, mas acabou por ser cedido, a título de empréstimo, aos turcos do Orduspor e onde voltaria a jogar com alguma regularidade - 21 jogos oficiais e 1 golo marcado. 

Resultado de imagem para atila turan reims 

Na época de 2013/2014, Atila Turan regressou ao Sporting, novamente para a Equipa B leonina, mas realizou, apenas, 1 jogo oficial pela formação secundária. Acabou por se desvincular do clube verde e branco e regressou ao futebol francês, assinando pelo Stade de Reims, onde acabaria por jogar poucos jogos pelo seu novo emblema - 18 jogos oficiais pelo conjunto gaulês. Na época seguinte, em 2014/2015, Turan acabaria por ser cedido, a título de empréstimo, aos turcos do Kasimpasa, mas apenas disputou 7 partidas oficiais pelo conjunto turco. Terminado o empréstimo ao clube turco, Atila Turan regressou ao Stade de Reims, onde permaneceu duas épocas, mas onde voltou a jogar poucos jogos durante a sua estadia no Stade Auguste-Delaune (2015/2016: 12 jogos oficiais - 2 golos; 2016/2017: 16 jogos oficiais - 2 golos). Depois de se desvincular do Stade de Reims, Turan regressou, pela terceira vez, à Turquia, assinando pelo Kayserispor, na época de 2017/2018, que agora terminou. Neste clube turco, Atila Turan conseguiu voltar a ser uma opção regular, acabando por participar em 28 jogos oficiais e apontando 1 golo em solo otomano. 

 Resultado de imagem para atila turan kayserispor     

Aos 26 anos de idade, Atila Turan poderia ter tido uma carreira bem melhor, se tivesse feito as escolhas certas no início. Aquele Europeu de Sub-17, que se realizou na Alemanha, em 2009, mostrou que, na altura, Turan tinha potencial para chegar a grandes equipas, mas, talvez, a cabeça não tenha conseguido acompanhar o seu talento. E quando isso acontece é muito complicado chegar-se a grandes clubes e conseguir ter sucesso. Mas com a idade que ainda tem pela frente, Turan poderá ser uma opção mais válida, por exemplo, para o SC Braga, para o Leeds United, para o Nottingham Forest ou para o Wolverhampton. Perdeu-se um grande jogador que poderia ter dado muito ao futebol.      

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vai dar que falar... João Virgínia

Scouting: Jorge Fellipe

Convocatória de Rui Vitória para o Bonfim sem qualquer novidade