Seleção da Arábia Saudita: desfrutar da prova, apesar da pouca experiência

Resultado de imagem para arabia saudita mundial 2018
Passados 16 anos, desde que marcou presença, pelo última vez, num Campeonato do Mundo (em 2006, na Alemanha), a Seleção da Arábia Saudita regressa ao maior certame das provas de seleções, apesar da pouca experiência que vem ostentando, nestas andanças, e do pior ranking de seleções (67º lugar no Ranking FIFA). Na 2ª Fase de Qualificação, para o Mundial de 2018, a Seleção da Arábia Saudita venceu o respetivo grupo, ficando à frente dos Emirados Árabes Unidos, da Palestina, da Malásia e de Timor-Leste. Na 3ª Fase de Qualificação, esta seleção saudita ficou em segundo lugar, atrás do Japão e à frente da Austrália, dos Emirados Árabes Unidos, do Iraque e da Tailândia. Como foi referido anteriormente, a Seleção da Arábia Saudita estará dependente do seu jogo defensivo, onde os jogadores terão de povoar a zona defensiva e do meio-campo, tentando evitar males maiores. 

Estrela da Equipa: Nawaf Al-Abed (Al-Hilal): Apesar de ser pouco conhecido, por parte dos adeptos, Nawaf Al-Abed, jogador do Al-Hilal, só regressou agora ao ativo, depois de uma lesão na perna a meio da época. Mesmo sendo uma incógnita na seleção saudita, Al-Abed é a estrela da equipa, já que o futebolista, de 28 anos de idade, é o organizador de jogo, por quem a bola tem de passar sempre pelos seus pés. Uma eventual ausência retira criatividade e opções ofensivas a esta Seleção da Arábia Saudita. Veremos se poderá marcar presença no certame, já que a sua seleção ficaria a ganhar com a sua presença em campo. 

Jogador a Seguir: Fahad Al-Muwallad (Levante): Atualmente ao serviço dos espanhóis do Levante, Al-Muwallad é um dos jovens jogadores desta modesta Seleção da Arábia Saudita e, aos 23 anos de idade, quer aproveitar o palco do Campeonato do Mundo de 2018 para se dar a conhecer e dar nas vistas pelo seus país. Dono de uma capacidade técnica interessante, o jogador do Levante tem uma boa capacidade de cruzamento, tem velocidade, tem bom remate de longa distância e uma boa capacidade de drible. Veremos, em Junho, como se comportará em campo, pela Arábia Saudita, Al-Muwallad. Pode ser um jogador interessante para seguir com alguma atenção e ainda tem margem de progressão. 

Selecionador: Juan Antonio Pizzi (argentino, 50 anos): Foi uma escolha surpreendente por parte da Federação da Arábia Saudita, para suceder ao compatriota Edgardo Bauza, mas o argentino Juan Antonio Pizzi conseguiu fazer regressar a seleção saudita, novamente, a um Campeonato do Mundo. Apesar de ter vencido uma Copa América e ter sido Vice-Campeão da Taça das Confederações, pelo Chile, Pizzi terá que trabalhar bem a abordagem defensiva da Seleção da Arábia Saudita, já que a sua seleção é uma das mais modestas do certame. Mas isso não o impedirá trabalhar algumas surpresas para a maior prova de seleções a nível mundial. 

Equipa-Tipo: Mohamed Al-Owais, Hassan Muath, Osama Hawsawi, Omar Hawsawi, Yasser Al-Shahrani; Taisir Al-Jassim, Nawaf Al-Abed, Abdullah Ateef; Fahad Al-Muwallad, Salem Al-Dawsari, Mohammed Al-Shahlawi.

Selecionador: Juan Antonio Pizzi

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vai dar que falar... João Virgínia

Scouting: Jorge Fellipe

Convocatória de Rui Vitória para o Bonfim sem qualquer novidade