Seleção de França: reconquistar o título que foge à 20 anos

Resultado de imagem para frança mundial 2018
1998. França e Brasil encontravam-se no Estádio St.Denis, em Paris, para decidirem quem seria o próximo Campeão do Mundo. Nesse jogo, a seleção francesa vergou a seleção canarinha por uns fantásticos 3-0 (com dois golos de Zinédine Zidane e outro de Emmanuel Petit) e levantou caneco bem alto na sua própria casa. Passados vinte anos, a Seleção de França procura, agora em solo russo, voltar a erguer a taça de Campeão do Mundo, depois de ter falhado essa chance, em 2006, no Mundial da Alemanha. Para tentar esse feito, Didier Deschamps conta com uma seleção gaulesa com muitos jovens prodígios (Mbappé, Dembélé, Lemar, Kimpembe ou Tolisso, por exemplo) e jogadores já feitos (Griezmann, Giroud, Lloris, Kanté ou Varane, por exemplo) para devolver o orgulho aos adeptos franceses, depois de perderem o Campeonato da Europa em sua casa. Na Fase de Qualificação, a seleção gaulesa acabou em primeiro lugar e com 7 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 18 golos marcados, 6 sofridos e com 23 pontos em 10 jogos e ficando à frente da Suécia, Holanda, Bulgária, Luxemburgo e Bielorrússia. Na Rússia, a Seleção de França irá procurar ganhar o título de Campeão do Mundo que lhe foge à 20 anos.       

Estrela da Equipa: Antoine Griezmann (Atlético de Madrid): Foi a grande a estrela da Seleção de França no Europeu de 2016 e será, novamente, a estrela do conjunto gaulês no certame que se realizará na Rússia. Apesar de ser esquerdino, Griezmann sente-me mais confortável quando utiliza o seu pé direito. Dono de um bom jogo aéreo, mesmo medindo 1,75 metros de altura, o atacante do Atlético de Madrid tem bom remate, tem velocidade com e sem bola, possui uma capacidade técnica altamente evoluída e é inteligente em campo. Dadas as suas imensas qualidades, Griezmann pode jogar como segundo avançado, extremo ou ponta-de-lança, mas sem posição definida. Será um dos grandes jogadores neste Mundial.     

Jogador a Seguir: Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain): Lançado na época passada, por Leonardo Jardim, no AS Mónaco, Kylian Mbappé é a nova coqueluche da seleção gaulesa e terá a sua primeira oportunidade para ser mostrar na maior prova de seleções do desporto-rei. Rápido como uma flecha, Mbappé tem uma excelente capacidade de drible, ao nível dos melhores do Mundo, é bastante móvel, tem criatividade, possui um bom remate de longa distância e uma excelente capacidade de finalização, como comprovam os 21 golos em 44 jogos oficiais pelo Paris Saint-Germain. Tal como Griezmann, o craque do PSG pode jogar também em qualquer um dos dois flancos e como avançado-centro, mas também sem posição definida. Mbappé tem tudo a seu favor para brilhar nos relvados russos. 

Selecionador: Didier Deschamps (francês, 49 anos): Depois de ser Vice-Campeão Europeu, em 2016, no seu próprio país, Didier Deschamps continua a ser amado por uns e odiado por outros, já que é criticado por não definir um estilo de jogo e uma identidade para a formação francesa. Ainda assim, consoante o grau de dificuldade de cada jogo, o selecionador gaulês escolhe os onzes futebolistas que melhor encaixam no perfil dessa mesma partida. Com os jogadores de grande qualidade que esta seleção tem, Deschamps tem tudo para dar um título ao seu país e, quem sabe, se não é no dia 15 de Julho de 2018, em Moscovo. 

Equipa-Tipo: Hugo Lloris, Djibril Sidibé, Raphaël Varane, Samuel Umtiti, Layvin Kurzawa; N'Golo Kanté, Paul Pogba, Blaise Matuidi; Kylian Mbappé, Antoine Griezmann, Olivier Giroud. 

Selecionador: Didier Deschamps

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vai dar que falar... João Virgínia

Vai dar que falar... Léo Jabá

Scouting: Jorge Fellipe