Seleção da Alemanha: à procura do pentacampeonato na Rússia

Resultado de imagem para alemanha mundial 2018
Em 2014, no Brasil, um golo de Mario Götze deu o título de Campeão do Mundo à Seleção da Alemanha, diante da Argentina (o que já não acontecia desde o ano 1990, no Mundial de Itália). Agora, em 2018, os comandados de Joachim Löw vão ao Campeonato do Mundo, na Rússia, à procura do pentacampeonato e, caso consigam levantar a taça, igualam a Seleção do Brasil em títulos ganhos. Grande parte desta seleção alemã é composta por jogadores que venceram no Brasil (Özil, Müller, Draxler ou Ter Stegen, por exemplo) e por algum sangue novo (Julian Brandt, Timo Werner, Niklas Süle ou Marvin Plattenhardt, por exemplo) e neste Mundial de 2018, se forem bem conjugados em equipa, poderão formar uma equipa muito forte, como se viu na Fase de Qualificação. 
E na Fase de Qualificação, a Seleção da Alemanha limpou o seu grupo de forma muito rápida e eficaz: a seleção germânica terminou em primeiro lugar, à frente da Irlanda do Norte, da República Checa, da Noruega, do Azerbaijão e de São Marino, somando 10 vitórias, 0 empates, 0 derrotas, 43 golos marcados, 4 sofridos e 30 pontos em 10 jogos realizados. 
Depois de uma fase de apuramento completamente imaculada, a Seleção da Alemanha parte para a Rússia como a principal candidata a erguer novamente a taça na final de Moscovo, no dia 15 de Julho de 2018. Só que primeiro terá que passar a fase de grupos, onde está na companhia do México, da Suécia e da Coreia do Sul. Mas quem passa a qualificação sem perder ou empatar, passa qualquer fase de grupos de um Mundial.     

Estrela da Equipa: Toni Kroos (Real Madrid): Desde que trocou o Bayern de Munique pelo Real Madrid, em 2014, Toni Kroos aumentou exponencialmente a sua qualidade individual e está um jogador muito mais completo. Kroos tornou-se um jogador mais versátil e mais experiente na função de ligar a defesa e o ataque, tornando-se num dos melhores médios box-to-box do Mundo na sua posição. O internacional alemão é um jogador mais do que fiável no controlo e na passe de bola e é um futebolista inteligente na distribuição de jogo. Aos 28 anos de idade, Toni Kroos tem na Rússia a mais uma grande oportunidade para elevar a sua seleção alemã ao topo do futebol mundial. Com Kroos na equipa, a Alemanha está sempre mais perto de ganhar, seja contra quem for. 

Jogador a Seguir: Timo Werner (RB Leipzig): Com passagem pelos escalões de formação do Estugarda, Timo Werner é a grande estrela do RB Leipzig e já teve a grande oportunidade de se estrear pela Alemanha na Taça das Confederações. Dono de um excelente sentido posicional, este avançado alemão tem uma boa capacidade de finalização, como comprovam os 21 golos em 45 jogos, tem drible, criatividade, frieza, velocidade, é móvel e é um exímio marcador de grandes penalidades. Timo Werner terá no Campeonato do Mundo a grande oportunidade para se exibir ao seu melhor nível e rodeado por grandes jogadores tem tudo para brilhar pela Mannschaft. Timo Werner será uma seta apontada à baliza contrária.    

Selecionador: Joachim Löw (alemão, 58 anos): Principal obreiro pelas vitórias no Campeonato do Mundo de 2014 e na Taça das Confederações de 2017, Joachim Löw chega à Rússia com o objetivo de fazer da Alemanha pentacampeã mundial, igualando assim a seleção brasileira. Na fase de qualificação, o selecionador germânico optou pelo sistema tático 4x2x3x1 (o que lhe valeu uma eficácia brutal no referida fase), enquanto que na Taça das Confederações preferiu utilizar 3x5x2 (apesar ter utilizado uma equipa muito jovem na competição). Agora no Mundial de 2018, Löw irá utilizar um misto de jogadores de geração anterior e da geração mais recente para formar uma equipa mais competitiva. Mas verdade seja dita: com os imensos jogadores que tem para escolher, Löw podia fazer quatro onzes diferentes que "arriscava-se" a ganhar sempre.

Equipa-Tipo: Marc-André ter Stegen, Joshua Kimmich, Jérôme Boateng, Mats Hummels, Jonas Hector; Toni Kroos, Sami Khedira, Mesut Özil; Thomas Müller, Julian  Draxler, Timo Werner. 

Selecionador: Joachim Löw

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vai dar que falar... João Virgínia

Vai dar que falar... Léo Jabá

Scouting: Jorge Fellipe