Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2014

Insegurança de Artur marcou o dérbi de Lisboa

SL BENFICA 1-1 SPORTING CP (Nicolás Gaitán 11'; Islam Slimani 19')
Hoje, no Estádio da Luz, Benfica e Sporting CP empataram 1-1 e deram "em bandeja de ouro" a liderança do campeonato português ao FC Porto, que ganhou 3-0 ao Moreirense. O destaque do dérbi de Lisboa vai, claramente, para a insegurança demonstrada por Artur Moraes, o regresso de Slimani aos golos e a boa exibição da equipa de arbitragem liderada por Pedro Proença.   

GOLOS
11' - SL BENFICA: Golo de Nicolás Gaitán - Toto Salvio executou bem pelo lado direito, onde apareceu o uruguaio Maxi Pereira a assistir o extremo argentino, que rematou de pé direito para o fundo das redes de Rui Patrício, que ainda tocou na bola. Estava feito o 1-0.   
19' - SPORTING CP: Golo de Islam Slimani - Depois de um passe de Eliseu para Artur Moraes, o guardião brasileiro alivia bola, mas esta bate nas costas de André Carrillo e sobra para o avançado internacional argelino que cabeceia com a baliza "escancarada&q…

Lapidar - #13

Francisco Chaló: «Mais um rombo no porta-aviões»
Qual é a vossa opinião acerca desta frase proferida pelo atual técnico do Sporting da Covilhã, na época passada, quando se referiu à má arbitragem durante o jogo entre o Sp.Covilhã e o Portimonense, que terminou empatado 1-1? Comentem. 

Grandes Lendas: Juan Pablo Ángel

Foi um dos melhores pontas-de-lança colombianos que passaram pelo futebol inglês, no geral, e pelo Aston Villa, em particular. Tinha um enorme faro pelo golo e era a estrela maior de um seleção colombiana que não tinha o talento que tem atualmente. O seu nome é Juan Pablo Ángel.     

INÍCIO NO ATLÉTICO NACIONAL  Juan Pablo Ángel Arango nasceu no dia 24 de Outubro de 1975 na cidade colombiana de Bogotá - capital da Colômbia. O jovem Juan Pablo começou dar nas vistas no Atlético Nacional, onde privou com jogadores como, por exemplo, René Higuita, Carlos Zuñiga, Andrés Escobar, Gabriel Gómez, Omar Franco ou Juan Carlos Quintero. Na primeira passagem pelo Atlético Nacional, Juan Pablo Ángel conquistou 1 Campeonato Apertura colombiano e 1 Campeonato colombiano. Permaneceu cinco temporadas consecutivas no Atlético Nacional (1993, 1994, 1995, 1995/1996, 1996/1997).      









MUDANÇA PARA BUENOS AIRES  Depois de dar nas vistas no Atlético Nacional, Juan Pablo Ángel, na época 1997/1998, mudou-se para…

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Ezequiel Garay: "Confio na vitória"; Ronaldo faz o pleno; Rúben acerta renovação.  

Craques da 1ª Liga: Rafael Lopes

Considerado por muitos como uma jovem promessa portuguesa, este jogador sagrou-se Vice-Campeão do Mundo de Sub-20, em 2011, mas já passou por alguns clubes sem sucesso. Caros leitores, apresento-vos o ponta-de-lança português Rafael Lopes.  

DO ESPOSENDE PARA O VARZIM  Rafael Guimarães Lopes nasceu no dia 28 de Julho de 1991 em Esposende e começou a sua carreira no clube da sua cidade natal - a Associação Desportiva de Esposende. Depois de brilhar nas camadas jovens do Esposende, Rafael Lopes foi para o Varzim, onde integrou as camadas jovens do clube nortenho. Na temporada 2010/2011, Rafael Lopes chegou à equipa principal do Varzim, onde privou com nomes como, por exemplo, Avelino, Luís Neto, Tiago Lopes, André André, Tiago Terroso, Salvador Agra ou Forbes. Pela equipa principal do Varzim, Rafael Lopes jogou, na totalidade, 27 jogos e apontou 10 golos. 









PASSAGEM PELO SADO Na temporada 2011/2012, depois de brilhar com a camisola do Varzim, Rafael Lopes rumou até à cidade de Setúbal para…

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Sacko por 5 anos; Cristiano Ronaldo: "Espero que Nani volte a ser de top"; Brahimi: "Treino as fintas desde miúdo".

Sp.Covilhã e Olhanense empatam num jogo de muitas emoções e incertezas

SP.COVILHÃ 3-3 OLHANENSE (Tatui 2', Traquina 62' e Erivelto 82'; Semedo 53', Aguilar 71' e Regula 74')

Hoje, no Estádio Municipal José Santos Pinto, o Sporting da Covilhã recebeu o Olhanense, mas o jogo acabou empatado 3-3. O destaque desta partida vai, claramente, para boa exibição realizada pela equipa treinada por Francisco Chaló e para o jogo repartido das duas equipas esta tarde na Serra da Estrela.     

GOLOS
2' - SP.COVILHÃ: Golo de Tatui - Na marcação de um livre direto, em frente à baliza do Olhanense, o médio brasileiro Tatui rematou a bola para o fundo das redes do guarda-redes português Tiago Maia. Estava feito o 1-0. 
53' - OLHANENSE: Golo de Sérgio Semedo - Depois do intervalo, Olhanense marcou na baliza de Taborda por intermédio do português Semedo, num lance onde o Sp.Covilhã ficou a ver o jogador algarvio a rematar para a baliza "serrana", fazendo o 1-1. 
62' - SP.COVILHÃ: Golo de João Traquina - O ex-jogador do Sertanense …

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Enzo no dérbi; Slimani na calha para a Luz; Agarra que vale milhões.   

Lembram-se? - #21

JOÃO TOMÁS

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Sacko negociado; Hernández quer o Benfica; Cabeça de cartaz. 

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Eliseu já rende; Vitória sintética; Golpe lateral. 

Benfica vence o Boavista com uma vitória arrancada a ferros

BOAVISTA 0-1 SL BENFICA (Eliseu 44')
Hoje, no Estádio do Bessa, o Benfica derrotou o Boavista, em relvado sintético, por 1-0, mantendo as  águias na luta pelo título, a par de FC Porto e Sporting CP. O destaque desta partida vai, claramente, para o golo marcado pelo lateral-esquerdo português Eliseu, que veio dos espanhóis do Málaga. 

GOLOS
44' - SL BENFICA: Golo de Eliseu - Depois da marcação de um livre, em jeito de canto curto, Anderson Talisca passa a bola para André Almeida, que acaba por assistir o veterano Eliseu. O ex-Málaga remata um remate fortíssimo, de fora da área, para o segundo poste, deixando o argentino Daniel Monllor completamente batido. Estava feito o 0-1 final.     

DESTAQUES
Daniel Monllor - Defendeu tudo o que podia, mas não conseguiu parar a "bomba" de Eliseu. Esteve muito mal nesse lance. 
Eliseu - O gordo lá marcou um golo e justificou o investimento feito.     
Artur Moraes - O guarda-redes brasileiro esteve bem no jogo e eu deixo a pergunta: pa…

Lapidar - #12

Filipe Moreira: «Eu devo ter um cu muito pequenino»
Qual é a vossa opinião acerca desta frase dita por Filipe Moreira, na época 2012/2013, quando treinava o Sporting da Covilhã, depois de perder o jogo frente à Académica, para a Taça da Liga, nas grandes penalidades? Comentem.  

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Mané salva Nani; Do fundo da alma; Julen Lopetegui: "Jackson passou a fatura".  

Carlos Mané abate o autocarro do Arouca na estreia de Nani

SPORTING CP1-0 AROUCA
(Carlos Mané 90+2')

Hoje, no Estádio de Alvalade, o Sporting CP sofreu para conseguir derrotar o Arouca, que estacionou o autocarro à frente da baliza. O destaque desta partida vai para o regresso de Nani, o penalti falhado por Nani, a boa exibição de Goicoechea e para o golo "à saca-rolhas" de Carlos Mané. 

GOLOS
90+2' - SPORTING CP: Golo de Carlos Mané - André Carrillo ganha aos defesas do Arouca, cruza para a grande área da equipa nortenha, Tanaka cabeceia a bola ao poste da baliza de Goicoechea, mas o jovem Carlos Mané, na recarga, atira para o fundo das redes do Arouca. Estava feito o 1-0. 

DESTAQUES
Carlos Mané - O golo do jovem atacante serviu de "saca-rolhas" da vitória "leonina".  
Nani - Teve um regresso um pouco azarado com o penalti falhado, mas tentou levar o Sporting CP para a frente. 
Naby Sarr - Este menino cada vez mais me surpreende em campo. Um patrão na defesa "leonina", a par do Maurício. 
Rui Patríci…

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Benfica e FC Porto lutam por Hernández; Noite de Nani; Quaresma virou filme. 

Grandes Lendas: Mário Jardel

Foi o melhor ponta-de-lança brasileiro que passou pelo futebol português onde se tornou uma imagem aterrorizante para as equipas adversárias. Acusado, pelos adeptos rivais, de "mergulhar" na grande área, este magnífico jogador foi sempre um alvo a abater por todas as equipas (ou pelos para tentar abatê-lo). O seu nome é Mário Jardel.  

INÍCIO NO VASCO DA GAMA   Mário Jardel de Almeida Ribeiro nasceu no dia 18 de Setembro de 1973 na cidade brasileira de Fortaleza, sendo irmão de George Jardel e de Júnior. Mário Jardel começou a sua grande aventura no mundo do futebol no Vasco da Gama, onde privou com nomes como, por exemplo, Roberto Gaúcho, Bebeto, Alexandre Lopes, Ricardo Rocha ou Preto Casagrande. Ao serviço do clube brasileiro, Mário Jardel jogou, na totalidade, 50 jogos e apontou 26 golos, tendo conquistado 3 Campeonatos Cariocas. Permaneceu no Vasco da Gama durante cinco épocas e meia (1991, 1992, 1993, 1994, 1995).  









CONTINUAÇÃO NO GRÉMIO  Depois sair, a meio da época de 1…