Avançar para o conteúdo principal

Qual é o melhor médio-ofensivo da 1ª Liga? - Resultados

Está concluída mais uma votação aqui no blogue desportivo Galáxia Futebolística, desta vez sobre aquele que é o melhor médio-ofensivo a jogar na Primeira Liga portuguesa. E o vencedor nem é uma completa surpresa.
Num total de 11 votos adquiridos, nesta sondagem, o grande vencedor é o português Bruno Fernandes (Sporting CP), que amealhou 72% dos votos dos leitores deste blogue (8 votos).
Depois, no segundo lugar, com 54% dos votos dos adeptos (6 votos) temos o médio-ofensivo croata Filip Krovinovic, que defende as cores do Sport Lisboa e Benfica. Por fim, a fechar o pódio, no terceiro lugar, com 45% dos votos do público (5 votos), encontramos dois jogadores: Rúben Ribeiro (Rio Ave) e Lucas Evangelista (Estoril-Praia).
Logo a seguir, na quarta posição, com 36% dos votos (4 votos), temos, apenas, um jogador: Sérgio Oliveira (FC Porto). De seguida, no quinto lugar, com 27% dos votos (3 votos) dos adeptos portugueses, encontramos mais dois futebolistas: Filipe Chaby (Belenenses) e Rúben Micael (Paços de Ferreira). No sexto lugar, com 18% dos votos (2 votos), temos cinco médios-ofensivos: Bruno Xadas (SC Braga), Ghazaryan (Marítimo), Fábio Espinho (Boavista), Braga (Desportivo das Aves) e Willyan (Vitória de Setúbal). A seguir, no sétimo posto, com 9% dos votos dos leitores (1 voto), encontramos mais cinco jogadores: Bressan (Desportivo de Chaves), Fábio Sturgeon (Vitória de Guimarães), Joca (Tondela), Tiago Silva (Feirense) e Rafael Costa (Moreirense). Por fim, no oitavo e último lugar, sem qualquer voto, temos, apenas, um jogador: Fabrício (Portimonense).


Portanto, para a elaboração do nosso Onze da Primeira Liga já temos o médio-ofensivo: Bruno Fernandes (Sporting CP).     

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Jorge Jesus muito perto de ser o treinador do Al Hilal

Bom projeto para o ainda treinador do Sporting? Jorge Jesus, aos 63 anos de idade, está numa fase em que já não dá para treinar ao mais alto nível e que o melhor caminho é ir para um campeonato mais periférico onde possa engordar mais um pouco a sua carteira. No Al Hilal, o técnico português iria ter tranquilidade para desenvolver um trabalho com qualidade. 
De acordo com o site desportivo português zerozero.pt, Jorge Jesus, treinador português, que ainda é o técnico do Sporting Clube de Portugal, está muito perto de ser o próximo treinador do Al Hilal, clube que milita no principal campeonato da Arábia Saudita. Ainda de acordo com o mesmo site desportivo nacional, face aos graves acontecimentos vividos na Academia de Alcochete, Jorge Jesus e os dirigentes do Al Hilal já terão chegado a um acordo em relação aos valores contratuais para a próxima temporada desportiva. Além de Jorge Jesus, Fabio Carille, treinador dos brasileiros do Corinthians, está também na mira do emblema saudita pa…

Marco Silva entre o Benfica e o Everton para a próxima época

Boa opção para o Benfica na próxima temporada? Rui Vitória continua ainda com algum estado de graça, devido aos títulos conquistados no passado, mas a fraca época de 2017/2018 poderá fazer com que o treinador ribatejano saia do emblema da Luz. Já o Everton procura um treinador capaz de colocar o clube nas provas europeias e que potencie os jogadores de grande qualidade que os Toffees possuem (Pickford, Baines, Funes Mori, Klaassen, Tosun ou Bolasie, por exemplo).  De acordo com o jornal desportivo português A Bola, o Sport Lisboa e Benfica e o Everton estão interessados em garantir Marco Silva, treinador português, de 40 anos de idade, que orientou o Watford, na primeira metade da época na Premier League. Ainda de acordo com o mesmo diário desportivo nacional, Luís Filipe Vieira, presidente do clube encarnado, quer afastar Rui Vitória do banco das águias, na próxima época, enquanto que o Everton procura um sucessor para o experiente técnico inglês Sam Allardyce, que deixou o clube sei…

Desportivo das Aves não vai à Liga Europa

O Desportivo das Aves merecia ter a sua estreia nas provas europeias, mas as leis são para cumprir: sem licenciamento não há presença na Liga Europa. De quem é a culpa? Da Federação Portuguesa de Futebol? Ou da Direção do clube avense? Esta mini-polémica está longe de estar terminada.   
De acordo com o site desportivo português MaisFutebol, o Desportivo das Aves não vai marcar presença na próxima edição da Liga Europa, depois de ter derrotado o Sporting Clube de Portugal na final da Taça de Portugal, no Estádio do Jamor. Ainda de acordo com o mesmo site desportivo nacional, a ausência do clube da Vila das Aves das competições europeias deve-se ao facto de o Desportivo das Aves não ter efetuado a sua inscrição na Federação Portuguesa de Futebol para a obtenção do licenciamento necessário para participar nas provas da UEFA. Ainda assim, Luiz Andrade, presidente do clube do concelho de Santo Tirso, já desmentiu tais afirmações e deu como garantido que o licenciamento foi feito e que só …